Quem sou eu

Minha foto
SOU FILHA DE UM DEUS PODEROSO, QUE QUER SEMPRE O MEU MELHOR, AS VEZES EU NÃO ENTENDO, MAS ACREDITO MUITO NISSO.

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Relatos 002

Então.... estou a mais de 15 dias com 40 anos. kkkk, vou dizer que não é nenhuma doença ter 40. Cortei meus cabelos bem curtinhos e todo mundo achou que ficou bem em mim. recebi em minha casa a atual esposa do meu ex marido e o filhinho deles e não achei nada demais nisso. a não ser por ter uma casa minúscula e pouca grana pra ser uma boa anfitriã. Como toda pessoa que a gente acaba de conhecer, eu fiquei observando e fazendo minhas criticas, não por ela ser a atual do meu ex, mas como pessoa mesmo independente de estar com quem está. achei ela meio fechada, misteriosa, discreta... mas nada que seja defeito. Minha filha mais nova viajou com ela pra conhecer o restante da família dele em Rondônia. Ela faz falta aki. já com saudades. Sobre meu emprego e o acordo....Essa semana completa 6 meses de carteira assinada e mais de um mês que eu saí do trabalho. ele fez um acordo comigo pra eu receber seguro desemprego e essa semana é a hora de dar baixa e entrada no seguro e FGTS. Imagino que ele deva dar uma enrolada, mas vai acabar me pagando aos poucos. Estou trabalhando com ele indiretamente pq fiz meu cadastro na UP essências e adquiri meu kit na rede dele. vou vender bem, pq ja estava trabalhando nisso desde setembro. Anne vai mesmo morar com o namorado e eu vou dar uma sumidinha pro Pernambuco no carnaval e ver se me acostumo lá. Nao quero me mudar de vez, quero ir, fazer meus exames de rotina, ver a possibilidade de morar no Cabo ou em um lugar próximo, mas sem pressa nem mudança. Nao quero tralhas. começando do zero sem desalojar e desestruturar minhas filhas. Colocando as contas na ponta do lápis e indo de vagar. Minha maior preocupação que deveria ser eu mesma, como mãe babona e super-protetora, são minhas filhas. Quero deixar compra feita, pratos prontos congelados, bilhetinhos pra todo lado, orientações básicas de como manter a casa em ordem e que não falte grana pra elas se virarem e não passarem falta de nada. Quero que elas tenham lazer, ocupação e não fiquem tristes aqui. E eu? bom, eu me viro e aguento o tranco. Estar com meu esposo é minha obrigação e um prazer. Dar e receber carinhos e cuidados... mas sei que a vida é bem mais que isso, precisamos de no mínimo uma estrutura pra morar e isso deve demorar um pouco. Temos que dar conta da casa aqui, das contas que deixamos e preparar as meninas pra assumirem o que elas fizerem. Ainda temos que dar assistência ao filho menor dele que mora com a mãe e ainda ter condições de ter uma vida normal, fazer nossos planos e construir nosso novo lar. Não estou bem certa de que indo pra lá vai ser bom, pq vou ficar na casa dos pais dele e ve-lo somente nos finais de semana, as passagens que ele vai gastar pra ir me ver vai ser um dinheiro perdido todo mes, faríamos muitas coisas com esse dinheiro mas agora é o que temos. vou e depois analiso se continuo la e de que forma vamos resolver tudo e sermos felizes. vou ficar sem internet por uns tempos, isso tbm me angustia, na casa dos outros, sem ele comigo todos os dias e sem nada pra fazer nem net pra se distrair..... mas vou tentar ser gente grande dessa vez. ROLA MEDO, DUVIDA, PLANO B E TUDO QUE TENHO DIREITO. MAS ROLA ESPERANÇA DE QUE TUDO SAIA BEM TBM. SEJA O QUE DEUS QUISER.

Nenhum comentário:

Postar um comentário